Inovação – Sebrae

DESIGNDESIGN COMO VALOR DE MARCA

Muitos empreendedores têm o sonho de fazer sua marca se tornar icônica. Isto é, que ela seja lembrada sempre que o produto for citado e que as pessoas a avaliem bem. Marcas consagradas conseguiram esse feito, como a Nike, por exemplo.Fazer isso acontecer significa se dedicar ao trabalho de branding, que pode ser traduzido como a construção da marca em todos os seus aspectos. Como já citamos neste texto, branding não é só design. Mas isso não impede que a sua estratégia de gestão da marca seja voltada para o design.Hoje, vamos falar sobre marcas que se diferenciam por ter uma proposta de design inovadora e a partir daí atraem seu público e conquistam alto valor de marca.O QUE É UMA MARCA FORTEVários fatores fazem parte da construção de uma marca forte. Não existe uma fórmula. Mesmo assim, é bom você já entender algumas características das que são bem-sucedidas. Marcas precisam ser:Claras e objetivas.Específicas sobre a mensagem que querem transmitir.Diferenciadas de outras empresas concorrentes por algum item.Atrativas e apropriadas de acordo com o tipo de produto ou serviço que oferecem.No cenário altamente competitivo de hoje, um dos aspectos mais importantes para que uma empresa cresça é a sua diferenciação. Não adianta apenas oferecer um produto de qualidade e atendimento ao cliente de excelência. É indicado que você destaque o seu diferencial e que, obviamente, seus concorrentes não têm. RESULTADOS DE UMA MARCA FORTEPor trás da criação de uma marca, existe muito trabalho. Não é apenas a representação gráfica, mas inúmeras pesquisas, testes e investigação sobre o público.Para que seja boa, a marca precisa ser direcionada ao público e ter um uso prático que facilite a sua comunicação. Alcançar a eficiência visual significa estudar a psicologia das formas, das cores e das linhas.E isso quando pensamos unicamente do ponto de vista do design. Marcas envolvem mais do que isso e, se forem bem construídas, resultam em mais do que ser apenas uma forma bonita.Vejamos as particularidades de uma marca bem atrativa.OFERECE VANTAGEM COMPETITIVAMesmo se a sua organização for uma ONG, por exemplo, você deve atrair pessoas. Clientes, doações ou talentos, é necessário ter audiência. E, para isso, o ideal é você se destacar entre aqueles que oferecem o mesmo que você.Se seguir a estratégia de negócio, a sua marca vai falar sobre a sua empresa e agregar visibilidade.É UM ATIVOProdutos podem falhar no mercado, companhias são compradas e vendidas, tecnologias mudam a todo momento. Mas lembre-se: a marca forte é um dos seus ativos mais valiosos. Afinal, é possível ganhar reconhecimento do público por meio dela.É UM VALOR FINANCEIROO valor de uma marca é classificado entre ativos tangíveis e intangíveis – marcas são intangíveis. Marcas podem chegar a ser mais de um terço do valor total da companhia. Se quiser saber mais sobre o cálculo do valor de uma marca, leia este post.No coração de uma marca está a sua promessa, isto é, o que ela se comprometeu a fazer para a audiência. Assim, as pessoas sabem quais são seus valores e no que você acredita.A seguir, vamos ver o caso da Nubank, que tem na essência de sua marca o design como valor. DESIGN COMO VALOR DE MARCAExistem marcas que se destacam por sua preocupação fora da média e aplicação de excelência do design. Isso não só na sua divulgação, mas também nos seus produtos e até mesmo na aparência física.Na verdade, não vale apenas para empresas que oferecem produtos tangíveis, como acessórios de moda, por exemplo.NUBANKA Nubank foi a primeira empresa financeira brasileira a desafiar o modelo de negócios dos bancos no país. Seu produto é um cartão de crédito que acompanha um aplicativo, por meio do qual é possível observar todas as suas compras, dentre outras funcionalidades.O atendimento também é realizado pelo aplicativo, que possui chats e outras formas de contato. É bastante diferente dos bancos em que os usuários precisam se dirigir à agência para abrir uma conta, por exemplo.Maurício Uehara, do Fjord Fala, fez uma entrevista com a equipe de design do Nubank, que pode ser lida na íntegra aqui. O texto procura investigar os motivos pelos quais a empresa se preocupa com design e utiliza-o como valor de marca.O Nubank tem a proposta de redefinir um modelo já muito arraigado e para isso tem três pilares: a tecnologia, o data science (ciência de dados) e o design. Este último não serve apenas para “deixar tudo bonito”, mas é uma ferramenta de transformação da forma como utilizamos serviços e produtos.Na prática, o Nubank faz isso com uma equipe de sete designers que não se classificam pela experiência do usuário ou visual. Todos realizam tarefas referentes ao processo completo. Essa forma de trabalhar combina com a cultura da empresa e com sua necessidade.Assim, todos estão sempre preocupados com a maneira pela qual as pessoas vão utilizar o cartão e o aplicativo e, a partir daí, sabem lidar com os projetos feitos para que a experiência seja cada ve

Fonte: Inovação – Sebrae

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s